sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Após um conversa aonde quase nada falei...

Estou enxergando e aprendendo com meus erros quais as decisões devo tomar, mas também estou vendo com os meus erros que nunca devia ter deixado de acreditar em mim... Por esse motivo eu me perdi... Ouvi muitas coisas que não gostei... Falei muita coisa sem pensar... Magoei e fui magoada... Julguei e fui julgada... Mas agora vejo com mais clareza... Não aceito muitas das minhas renuncias... Acho injusto comigo... Quem sabe ser mais egoista... Até tentei mais não consegui... A verdade é  que queria ao menos um vez ter aquilo que desejo (pelo menos hj sei que nunca desejei ou senti errado)... Eu compreendo que AMAR é as vezes abrir mão... Mas essa ainda é uma questão que preciso equilibrar em mim... Mas eu consigo... Eu sou capaz... Vou fazer de tudo para ser uma pessoa melhor... Vejo pessoas próximas insistirem em ficar mergulhado em pensamentos infelizes... Não enxergam o poder que tem um pensamento e uma palavra... Seu efeito tanto pode ser bom quanto mal... É triste usar o nome desses sentimentos tão sublimes quanto é o AMOR e a AMIZADE... Para pousar de coitadinha... Vamos reconhecer nossas fraquezas... Somos seres humanos... Ou seja somos falho... Nem tudo que queremos vamos ter... Por varias razões... Somos responsaveis por absolutamente tudo que nos acontece... É tudo do nosso livre arbitrio... Vamos pensar sempre, de forma positiva, toda vez que um pensamento negativo vier à nossa cabeça, vamos trocar por outro! Para isso, é preciso muita disciplina mental... Sei que não se adquiri isso do dia para a noite; assim como um “atleta”, é preciso muito treino... Não devemos ter medo de nada e de ninguém... O medo é uma das maiores causas de nossas perturbações interiores...Tenha fé em você mesmo... Sentir medo é acreditar que os outros são poderosos... Não dê poder ao próximo... Não se queixe... Quando você reclama, tal qual um imã, você atrai para si toda a carga negativa de suas próprias palavras... A maioria das coisas que acabam dando errado, começa a se materializar quando nos lamentamos... Risque a palavra “culpa” do seu dicionário... Não se permita esta sensação, pois quando nos punimos, abrimos nossa retaguarda para espíritos opressores e agressores, que vibram com nossa melancolia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário